Sistemas AVAC

Saneamento antibacteriano de longo prazo para sistemas AVAC

Cada vez mais, em especial com o surgimento da pandemia causada pelo COVID-19, as autoridades de proteção de saúde e do meio ambiente estarão atentas aos perigos decorrentes do crescimento de bactérias e fungos nos sistemas de aquecimento, ar condicionado e ventilação (AVAC). De facto, tem sido demonstrado que a presença de tais bactérias e fungos nas condutas do ar pode causar patologias perigosas que, em certos indivíduos, podem até ser mortais.

Em resposta a CSO, representante da IN•TEC, disponibiliza em Portugal e Espanha um produto que pretende ser a solução definitiva para esse tipo de proliferação bacteriana, trazendo grandes vantagens tanto para o meio ambiente quanto para a saúde das pessoas que trabalham e vivem em ambientes climatizados.

Image
Aspeto interior conduta de ar sem manutenção
Image
Aspeto interior conduta de ar após aplicação resina antibacteriana

Após dez anos de pesquisas e testes, o sistema de sanificação IN•TEC (patente n ° 01313787) permitiu várias intervenções de recuperação de condutas de ventilação, com inúmeros exemplos de sucesso, tendo como objetivo bloquear o pó do material produzido pelo revestimento interno dos sistemas de ar ou pelo depósito nas paredes internas de material orgânico e inorgânico durante muito tempo.

O produto aplicado, adicionado com um bactericida de longa duração e com um antifúngico, seca rapidamente formando uma parede fina que impede a sobrevivência das bactérias e fungos existentes e tem uma ação inibidora eficiente contra a sua futura colonização. Outro ingrediente da fórmula é o aditivo que torna o produto auto-extinguível. A parede fina criada pelo processo de secagem tem uma baixa permeabilidade ao vapor, e como tal, protege a construção metálica das condutas e tem uma vida útil longa.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

O produto é pulverizado no interior da conduta e forma uma camada contínua e uniforme, com boa aderência ao suporte;

Adere bem nas paredes das condutas fixando todo o material empoeirado;

Não liberta no ambiente elementos nocivos, como monômeros e similares;

Possui um processo de secagem rápida, permitindo que o sistema de ar reinicie a operação em pouco tempo;

Mantém a sua eficácia inibidora antibacteriana por um longo período de tempo (os resultados* demostram pelo menos 10 anos);

* Os testes que foram realizados em Itália comprovam: 5 e 9 anos após a aplicação do produto em condutas de ar em operação/atividade, a resina continua ativa.

CERTIFICAÇÃO

As principais bactérias e fungos para as quais a resina tem certificação (UE) são as seguintes:

BACTÉRIAS

Staphylococcus aureus (estafilocócicos)

Pseudomonas aeruginosa (infeções hospitalares)

Escherichia coli (E-coli)

Proteus vulgaris (causador cálculos renais)

Legionella pneumophila (legionela)

FUNGOS

Aspergillus niger (bolor-negro)

Cladosporium cladosporioides (alergias sazonais)

Penicillium funiculosum (causador da candidíase)

Alternaria (Asma, febre do feno)